TALVEZ

Talvez o amor não seja o que sonhei.
Talvez o tempo não traga o que esperei.
Talvez meu destino seja nunca ter.
Talvez eu não seja a pessoa certa para você.
Talvez eu também não seja a pessoa errada, e o nosso erro seja esse, só saber viver nos extremos.
Talvez eu seja apenas esse vazio entre o que você quer e o que eu não posso ser. E de vazios ninguém vive. Vazios podem dolorosamente ocupar espaços, mas não preenchem almas que anseiam por um pouco mais.
Ou talvez não seja nada disso.
Talvez eu seja o amor da sua vida, mas não dessa vida.
Talvez ainda haja magia, ainda haja verdade, e, por algum encanto, passe a tempestade e surja um arco-íris, trazendo o reconforto dos sonhos de criança.
E talvez além do arco-íris, junto com um pote de ouro, exista um fim para tudo o que se sente sem não mais querer sentir.
Talvez possa-se trocar toda a riqueza do tesouro por não se ter mais sentimentos, pensamentos, por alguém que não se pode alcançar.
Talvez o prêmio para quem soube amar seja um dia não mais doer, todo amor que não era pra ser. Talvez.

“E, talvez, não seja assim tão fácil, talvez, assim seja melhor.
E, talvez, cada um reme pra um lado, mas os mares que te cercam,
talvez, sejam iguais aos meus e a gente segue em frente”

Anúncios

Sobre thekingw

Vamos ver se eu falo sobre mim um dia.
Esse post foi publicado em DIVERSOS E DIVERSIDADES. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s